M

Reeducação Alimentar para Emagrecer com Saúde

Nysten Macedo      domingo, 6 de novembro de 2016

Compartilhe esta página com seus amigos

Reeducação Alimentar para Emagrecer com Saúde

Todas as formas para emagrecer estão por toda parte: exercícios físicos exaustivos, dietas da moda, remédios para todos os gostos… basta ir nos sites de busca e procurar várias maneiras de emagrecer rápido.

É claro que emagrecem. Basta ter força de vontade e emagrecer a curto prazo.

Mas é aí que está: emagrecer é muito fácil, o difícil é manter o peso perdido. Para isto, mudanças de hábitos, alimentação equilibrada e atividade física moderada pode manter o seu peso estável e não voltar a engordar.

Reeducando o seu organismo na alimentação saudável, você não engordará mais.

Mais como eu vou começar a reeducação alimentar se eu nem sei o que fazer?

O primeiro passo para começar a sua Reeducação Alimentar te permite comer de TUDO, inclusive chocolate (que será em menor quantidade e preferencialmente os mais amargos) para aqueles dias que só nós mulheres sabemos como são difíceis.

Dietas muito restritivas podem até fazer você perder peso rapidamente, depois dessa dieta restritiva você vai voltar a mesma alimentação de antes e todos aqueles quilos que foi perdido retornam e muitas vezes a pessoa engorda mais ainda. Conhecido como Efeito Sanfona.

Neste artigo, tem algumas dicas para iniciar e ter sucesso nesta nova jornada da sua vida: Uma vida com muita saúde.

Orientação profissional é muito importante

O nutricionista vai te orientar bem. Com um bom papo e uma orientação bem feita, este profissional vai fazer uma dieta bem feita de acordo com o seu perfil.

Se adaptando, iniciar a Reeducação Alimentar fica muito mais fácil.

Mas, se de repente, você não consiga ter uma orientação assim logo de cara, começando com dicas muito simples, dá para iniciar ainda hoje.

Começando

Comer de 3 em 3 horas: Evita que você sinta uma fome quando for se alimentar. E mesmo que não estiver com fome. Tenha sempre um biscoito integral, barrinha de cereal, iogurte. Quando ficamos longos períodos sem comer, o metabolismo começa a trabalhar em ritmo lento para economizar energia. E quando comermos, ele vai armazenar tudo que puder, para compensar os longos períodos de jejum.

Estipule metas possíveis: Antes de qualquer atitude, você precisa assumir um compromisso próprio e estar ciente de que o processo consome tempo e exige dedicação. Aproveite a fase inicial para estipular metas possíveis a curto prazo e auxiliar na perda de peso. Procure comprar alimentos in natura, carnes e frutas frescas.

Seja Verdadeiro: Vai assaltar a geladeira? Pense bem no que está fazendo. Antes de tudo, tenha um compromisso com você!

Faça trocas inteligentes: Prefira a versão integral de alimentos como pães, massas e biscoitos. O valor calórico não indica que será menor, mas os grãos integrais possuem alto teor de vitaminas e fibras, que auxiliam no controle da glicemia, colesterol e mantêm a sensação de saciedade por mais tempo.

Evite: queijos calóricos, como provolone, parmesão, gorgonzola, prato ou mussarela. Troque estas opções gordurosas por ricota, minas frescal light, ricota e cottage. Embutidos como o peito de peru ou peito de chester são carnes com menor valor calórico, mas contêm teor de sódio relevante, portanto, você pode comer, mas não deve exagerar.

Opte: No almoço e no jantar, por carnes magras e grelhadas, como peito de frango, filé de peixe ou cortes de carne bovina ou suína.

Pratique exercícios físicos com regularidade: Não adianta dizer que exercícios físicos não fazem diferença… FAZ MUITA DIFERENÇA. Investir na alimentação e exercícios físicos significa menos peso, menos estresse e mais disposição para garantir o corpo e saúde em dia, alcançando as metas e objetivos propostos no início do processo de reeducação alimentar.

De início: Procure fazer 30 minutos de caminhada para sair do sedentarismo. Se optar por frequentar uma academia, procure orientação profissional para encontrar os exercícios mais adequados ao seu preparo físico. Se você já treinou, mas estava parado, não tente recuperar o tempo perdido em alguns dias. Comece devagar e vá acrescentando dificuldades à rotina de exercícios.

Não retire alimentos: como doces, frituras, carboidratos. Na Reeducação alimentar dá pra comer de tudo. Mas com disciplina e policiamento. Nosso corpo às vezes precisam de alguns nutrientes encontrados nesses produtos e deixa de cumprir suas funções regularmente. Comer um pudim, chocolate de vez em quando não faz mal a ninguém.

Use: temperos naturais (Alho, Cebola, cheiro verde e Manjericão, por exemplo) e, assim, diminuía a quantidade de sal utilizada nas suas refeições;

Prefira: água e sucos naturais (sem adição de açúcar) a refrigerantes e bebidas alcoólicas.

Não abra mão de tudo: Se você não consegue pensar em um fim de semana sem sair para beber com os amigos, saiba que você pode consumir álcool, mas sem exageros. Na reeducação alimentar você acaba ingerindo quantidade menor de alimento, potencializando os efeitos tóxicos da bebida no organismo. Tenha cuidado com vinhos suaves e caipirinhas, que levam açúcar, e principalmente drinques com leite condensado, creme de leite ou xarope de glucose, já que estes ingredientes possuem muitas calorias, interferindo no processo de emagrecimento.

Conserve: seus intestinos sempre saudáveis, pois eles são responsáveis pela produção de 80% de serotonina do nosso corpo;

Dicas: Não deixe de praticar exercícios físicos regularmente. Beba aproximadamente 2 litros de água por dia. Evite beber líquidos durante as refeições. Beba-o meia hora antes e meia hora depois.

Nos finais de semana, você está livre para comer um docinho, mas somente uma porção, ok?

 

Parecem orientações sem sentido, mas é o que faz da Reeducação alimentar a forma mais eficiente de se perder peso de uma maneira mais longa até, mas consistente e verdadeira.

Fazendo com muita disciplina, os efeitos serão duradouros e sem a maldição do efeito sanfona: eliminar peso e não voltar a recuperar.

Comentários

RECEBA TODAS AS ATUALIZAÇÕES!

Últimos Artigos

20 receitas zero lactose fáceis e deliciosas

domingo, 6 de novembro de 2016

Reeducação Alimentar para Emagrecer com Saúde

domingo, 6 de novembro de 2016

9 receitas deliciosas, fáceis e sem glúten

domingo, 6 de novembro de 2016

Vamos falar de intolerância a lactose?

domingo, 6 de novembro de 2016

O uso dos temperos na reeducação alimentar

domingo, 6 de novembro de 2016

A dieta líquida e seus benefícios

domingo, 4 de dezembro de 2016

5 receitas de sucos verdes para ajudar no emagrecimento

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Dê adeus aos laxantes: 4 receitas de sucos laxativos

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016


2016 - Orgulhosamente desenvolvido com OMB100, criado abaixo de muito café e chimarrão e feito com no Sul do Mundo.